Almada | Detida por burla e falsificação de documentos

A burla ocorreu em duas lojas de animais através de transferências bancárias fictícias

O Comando Distrital da PSP de Setúbal, através da Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial da PSP de Almada, deteve uma mulher com 33 anos de idade, pela práctica de dois crimes de burla e falsificação de documentos.

A suspeita, em ocasiões diversas, deslocou-se a duas lojas de animais em Almada, escolhendo vários produtos, no valor total de 500 €, alegando que posteriormente efectuaria a transferência bancária.

Posteriormente, e já depois das entregas dos produtos se terem realizado, os lesados verificaram que afinal as transferências bancárias eram fictícias.

A detida foi interceptada e notificada para comparecer no Tribunal de Almada.

, , , , , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online