Almada | Pastéis de nata para Bach

Teatro infantil pela Companhia de Teatro de Almada, na Sala de Ensaios do Teatro Joaquim Benite dia 4 de Março às 16h e dia 5 às 11h e às 15h

Teatro infantil pela Companhia de Teatro de Almada, na Sala de Ensaios do Teatro Joaquim Benite, dia 4 de Março às 16h e, dia 5 com sessão dupla às 11h e às 15h.

À luz das velas, comendo nozes, empunhando uma caneta de pena que é também uma batuta (uma espécie de varinha que os maestros usam), Bach compõe a sua Cantata BWV 147, uma música que torna religiosa até mesmo uma pedra muito surda e teimosa – uma música que parece mesmo que está à procura e que parece mesmo que faz perguntas. E está! E faz! Com a sua peruca de cabelo branquinho e rabo de cavalo, calçando sapatilhas ®All Star, correndo entre a sua mesa de trabalho e o cravo (não a flor assim chamada mas o instrumento musical, o “pai” do piano), Bach escreve, experimenta, escreve mais, experimenta outra vez. Os filhos (Bach teve 20 filhos…!) inspiram-no, e ele escreve o seu famoso Minuete em Sol Maior, muito bom para dançar com passinhos levezinhos. Mas talvez o título mais estrambólico de todas as suas obras seja O cravo bem temperado (1726-1744). Bem temperado? Com sal e pimenta? Ou com açucar e canela, como se costuma fazer aos pastéis de nata? Bach era guloso. Por isso, para esta história, Teresa Gafeira e Pedro Proença inventaram que ele comia pastéis de nata e que não conseguia compor música sem comer esses pastéis.

Johann Sebastian Bach (1685-1750) é considerado “o Shakespeare da música clássica”, ou seja, o mais glorioso compositor de todos os tempos. Organista (tocador de órgão), depois mestre-de-capela (director de um coro de igreja), foi o mais importante compositor de uma longa dinastia (pessoas célebres que pertencem à mesma família) de músicos. A sua música é linda, enérgica, muitas vezes comovente.

©CTA / Os filhos (Bach teve 20 filhos…!) inspiram-no.

Ficha Técnica

Companhia de Teatro de Almada
Dramaturgia: Pedro Proença e Teresa Gafeira
Encenação: Duarte Guimarães
Intérpretes: Bruno Realista, Carolina Dominguez, Diana Vaz, João Farraia, Pedro Walter
Cenografia e figurinos: Pedro Proença
Desenho de luz: José Carlos Nascimento
Movimento: JPB
Som: Miguel Laureano
Operação de luz e som: Paulo Horta
Duração: 50 min.
Idade: M/3

Comprar Bilhete

, , , , , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online