Dia Mundial da Tuberculose – Garcia de Orta assegura consultas de tuberculose

Parceria entre serviço de Infecciologia do Hospital Garcia de Orta e o Centro de Diagnóstico Pneumológico Almada-Seixal garante consultas de tuberculose. Almada e Seixal apresentam uma incidência de tuberculose superior à média nacional

A população servida pela Infecciologia do Hospital Garcia de Orta (HGO) tem asseguradas consultas médicas no âmbito da tuberculose. As consultas vão ser disponibilizadas através de uma parceria entre o serviço do Hospital e o Centro de Diagnóstico Pneumológico Almada-Seixal (CDP).

“Desde Abril de 2022 que todas as consultas médicas do CDP têm sido asseguradas por uma equipa médica proveniente do HGO, contabilizando-se a realização de 3.034 consultas, só no ano passado. O painel de profissionais destacados pelo HGO é constituído por uma pneumologista e duas infecciologistas”, explica Nuno Marques, Director do Serviço de Infecciologia do HGO, em comunicado.

O médico acrescenta que “os dados de 2019 e 2020 revelaram que a população dos concelhos de Almada e Seixal apresenta uma incidência de tuberculose superior à média nacional. Com ajuda do CDP, esta camada da população tem livre acesso ao atendimento médico, onde são asseguradas as fases de rastreio, diagnóstico e tratamento desta doença, estabelecendo-se a ligação aos cuidados hospitalares e a articulação com os centros de tratamento de referência da Tuberculose multirresistente”.

Hoje, dia 24 de Março, assinala-se o Dia Mundial da Tuberculose, e Nuno Marques lembra que “é essencial sublinhar que Portugal continua a ser considerado o país da Europa ocidental com as taxas de incidência mais elevadas desta condição contagiosa, transmitida por via área, que afecta maioritariamente o sistema respiratório”.

A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa que constitui um grave problema mundial de saúde pública. No entanto, esta doença, que se transmite maioritariamente por via aérea, ou seja, pela inalação de gotículas expelidas pela pessoa doente, é potencialmente curável, se for submetida ao tratamento correcto, normalmente feito através da administração de fármacos. Se não existir nenhum tipo de acompanhamento, cada doente com tuberculose activa poderá infectar, em média, entre 10 e 15 pessoas por ano, colocando em risco a população com quem contacta.

A tuberculose constitui risco acrescido de contracção por parte dos doentes imunodeprimidos, como os portadores da infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), tendo uma sintomatologia marcada por quadros de tosse arrastada (mais de três semanas), febre prolongada, expectoração com sangue, dores na região toráxica, perda de peso e falta de força.

Em Portugal, a maioria dos tratamentos de TB são efectuados em Centros de Diagnóstico Pneumológico (CDP), como é o caso do CDP Almada-Seixal. Se tiver sintomas, não hesite em dirigir-se ao Centro de Saúde ou CDP da sua área de residência. Não só estará a olhar pela sua saúde, como pela de quem o rodeia.

Centro de Diagnóstico Pneumológico (CDP)
Rua das Terra dos Cortes Reais, 2805-021 Cova da Piedade
Telefone: 212739210/1/7
E-mail: cdp.almada@arslvt.min-saude.pt
Horário de funcionamento: de 2ª a 6ª Feira das 08h00 às 17h30

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online