Garcia de Orta substituiu camas de internamento

A unidade hospitalar que serve Almada e Seixal substituiu 201 camas de internamento actualizando os seus recursos, aumentando também o conforto e qualidade dos serviços prestados.

O Hospital Garcia de Orta (HGO) finalizou o processo de substituição de camas de internamento iniciado a 16 de Novembro de 2022. A última tranche deste processo que contemplou uma dezena de serviços, chegou há poucos dias. No total foram substituídas 201 camas.

As 141 camas da última tranche foram distribuídas pelos seguintes serviços: cardiologia 15 camas, endocrinologia 3 camas, enfermaria do 6ª Piso 7 camas, gastroenterologia 17 camas, infecciologia 14 camas, medicina IV 26 camas, Nefrologia 9 camas, Neurologia 47 camas, Unidade de Transplante 1 cama e Urologia 2 camas.

A primeira tranche, que chegou em novembro de 2022, contemplou a disponibilização de 60 camas para os Serviços de Pneumologia, Infecciologia e Medicina II.

As novas camas permitem o encaixe de vários acessórios universais como suporte de terapias, dispositivos ortopédicos, suporte de auxiliares geriátricos, aparelhos de monitorização e objectos de identificação.

As camas, mesas de cabeceira/refeição e demais acessórios substituídos, foram doados à Delegação Foz do Tejo da Cruz Vermelha Portuguesa.

Esta acção teve como objectivo “a actualização e optimização dos recursos do Hospital Garcia de Orta, garantindo melhores condições de trabalho aos profissionais de saúde dos diferentes serviços de internamento, bem como um maior conforto e qualidade dos serviços prestados aos pacientes internados.”, informou esta unidade hospitalar em comunicado.

, , , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online