Prisão preventiva para suspeito de tiroteio no Almada Fórum

Arguido é indiciado por seis crimes de homicídio qualificado, e detenção de arma proibida

O Ministério Público informou em comunicado, que após detenção fora de flagrante delito, apresentou, no dia 13 de Setembro, a primeiro interrogatório judicial, um arguido fortemente indiciado pela prática de seis crimes de homicídio qualificado, na forma tentada, e um crime de detenção de arma proibida.

Os factos indiciam que, no dia 10 de Setembro de 2022, numa superfície comercial de Almada, o arguido, ao cruzar-se com um casal acompanhado dos filhos, trocou palavras e provocações. De seguida, o arguido, munido de uma arma de fogo, seguiu o casal e, após nova troca de palavras, retirou a arma da bolsa e disparou-a pelo menos duas vezes, tendo uma das balas atingido uma menor.

De imediato, o arguido colocou-se em fuga, tendo sido mais tarde interceptado pela PSP.

Após o interrogatório judicial, foi aplicada ao arguido a medida de coação de prisão preventiva.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público de Almada do DIAP da comarca de Lisboa, coadjuvado pela PJ.

O inquérito encontra-se em segredo de justiça.

, , , , , , , , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online

Um pensamento em “Prisão preventiva para suspeito de tiroteio no Almada Fórum

Comentários estão fechados.