Caparica | Recital de Piano de Stephen Kovacevich

Berg e Beethoven no Convento dos Capuchos, dia 17 de Junho às 21h

Aos 82 anos, o norte-americano Stephen Kovacevich mantém uma impressionante activa carreira internacional como recitalista e solista com orquestra. O músico é um dos grandes pianistas actuais, com uma notável carreira de sete décadas. Começou a estudar piano com 11 anos e o seu primeiro concerto foi aos 15.

Foi em 1961 que o então Stephen Bishop, o apelido ‘Kovacevich’ só se impôs no início da década de 80, que aterrara em Londres em 1959 para estudar com Dame Myra Hess, fez a sua estreia europeia no Wigmore Hall em Londres, com obras de Bach, Beethoven e Berg. De repente, o jovem californiano de 20-21 anos entrava na elite dos pianistas do seu tempo, empreendendo uma carreira ao mais alto nível e aí se mantendo por décadas.

O seu repertório teria por centro de gravidade a tradição germânica, de Bach a Berg, com especial relevo às figuras de Beethoven, Schubert e Brahms. Mas também frequentou Chopin; e, nos modernistas (além de Berg), Bartók e Stravinsky; e contemporâneos, como Richard Rodney Bennett ou Michael Tippett. 

Kovacevich foi também por décadas um artista da Philips e para essa etiqueta gravou uma vasta discografia, com várias leituras que se tornaram referências (Mozart, Beethoven, Schubert, Brahms, Bartók).  Nos anos 90, passou a gravar para a EMI e, mais recentemente, para a Onyx. 

Em 2015, por ocasião do seu 75.º aniversário, a Decca fez uma edição limitada, numa caixa com 25 CD, do seu espólio de gravações para a Philips. 

Em música de câmara tocou com Jacqueline Dupré, Martha Argerich (foram casados nos anos 70) – com quem ainda toca –, Josef Suk, Lynn Harrell, Truls Mørk, Emmanuel Pahud ou os irmãos Capuçon, entre outros. 

Programa

A. Berg  Sonata
L. Beethoven  Bagatelas Op. 119 & Op. 126 (selecção); Sonatas Op. 109 e Op. 110

Comprar Bilhete

, , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online