Almada | Almadense com ELA assiste a concerto do Alive personalizado

Câmara de 360 graus e tecnologia 5G, permitem a fã dos Queens of the Stone Age, ver o concerto e interagir com a banda

O último dia do NOS Alive, 8 de Julho, vai ficar para sempre na memória de José Macedo, um almadense de 58 anos que padece de Esclerose Lateral Amiotrófica.

Fã dos Queens of the Stone Age, José, assistiu a partir de casa e, com um nível de envolvência maior do que se visse na televisão, ao concerto da sua banda norte-americana favorita.

José não pôde marcar presença no recinto, mas conseguiu estar presente no espectáculo através da ajuda de uma amiga terapeuta que subiu ao palco com uma câmara de 360.º que transmitia em directo e em 5G as imagens que captava, explicou um porta-voz da operadora móvel NOS, patrocinadora do festival e responsável pela iniciativa, em colaboração com a associação Apela (Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica). Em casa, José Macedo, recorreu a uns óculos de realidade virtual para assistir de forma remota e interactiva, ao concerto.

“José, we love you”, disse o vocalista Josh Homme no palco, apelando ao público que repetisse a frase e enviasse amor lá para casa. A plateia aderiu ao pedido e entoou várias vezes o nome José, que, a partir da sua sala, em Almada, vibrou com o espectáculo e ainda interagiu com a banda nos bastidores.

, , , , , , , , , ,

Sofia Quintas

Directora e jornalista do Almada Online